Súplica confiante do aflito

Salmo 30(31), 2-9

Súplica confiante do aflito

Senhor, eu ponho em vós minha esperança;
que eu não fique envergonhado eternamente!
Porque sois justo, defendei-me e libertai-me,
Inclinai o vosso ouvido para mim;
apressai-vos, ó Senhor, em socorrer-me!

Sede uma rocha protetora para mim,
um abrigo bem seguro que me salve!
Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza;
por vossa honra orientai-me e conduzi-me!
Retirai-me desta rede traiçoeira,
porque sois o meu refúgio protetor!

Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, porque vós me salvareis, ó Deus fiel!
Detestais os que adoram deuses falsos;
quanto a mim, é ao Senhor que me confio.

Vosso amor me faz saltar de alegria,
pois olhastes para as minhas aflições e conhecestes as angústias de minh’alma.
Não me entregastes entre as mãos do inimigo, mas colocastes os meus pés em lugar amplo!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba conteúdo exclusivo

Sua inscrição foi recebida

Precisa de ajuda?